O Latin American Communication Monitor (LCM) investiga, em sua quarta edição, essas temáticas bastante atuais no continente.

Profissionais de comunicação que trabalham em organizações, consultorias e freelancers em toda a América Latina participarão do Latin American Communication Monitor (LCM) 2020-2021. O estudo está disponível em https://latincommunicationmonitor.com

Os Communication Monitor são reconhecidos como os maiores estudos sobre comunicação estratégica e relações públicas do mundo. Seus relatórios fornecem informações valiosas para o desenvolvimento da comunicação e da inovação nas organizações, avaliando as tendências e mudanças que estão ocorrendo.

Este projeto conecta o mundo profissional e o acadêmico, comparando a situação atual e prospectiva da comunicação estratégica na Europa, América Latina, Ásia-Pacífico e América do Norte (Estados Unidos e Canadá). Aos 14 anos, com mais de 80 países e 50.000 participantes até o momento, a série Global Communication Monitor constitui o único estudo global completamente confiável sobre comunicação estratégica em termos de transparência científica.

Desde 2013, a seção latino-americana do estudo tornou sistematicamente visível o papel dos comunicadores de língua espanhola e portuguesa no mundo, capacitando profissionais de suas organizações e associações setoriais em seu ambiente social. Na última edição do LCM (2018-2019), 2.575 profissionais participaram e foram analisados 1.165 casos de 19 países da região.

Este ano, cumprindo os mais altos padrões acadêmicos, uma rede de pesquisadores de 26 das mais prestigiadas universidades, com base em uma estrutura de estudos sobre teorias e resultados de pesquisas científicas internacionais de primeira linha, estudará tópicos tão debatidos, como: cibersegurança, situação das mulheres, desafios éticos atuais ou novas competências profissionais, entre outras questões; e um capítulo especial dedicado à COVID-19. A pesquisa também identifica as características de departamentos excelentes de comunicação e explora as semelhanças e diferenças em toda a América Latina.

Os resultados serão relevantes para todo o setor, pois oferecerão comparações por país e entre diferentes tipos de organizações (empresas, governo, organizações sem fins lucrativos, agências etc.). O estudo é liderado pelos pesquisadores Alejandro ÁlvarezNobell, da Universidade de Málaga (Espanha), e Juan Carlos Molleda, da Universidade de Oregon (EUA). Os participantes poderão compartilhar suas experiências e apoiar seu país a ser representado nas comparações mundiais. Após o estudo, eles receberão os resultados gratuitamente.

O Latin American Communication Monitor (LCM) é organizado pela European Public Relations Education and Research Association (EUPRERA); com o patrocínio acadêmico da Universidade de Oregon (EUA) e da Universidade Latina da Costa Rica; e em colaboração com o Institute for Public Relations (IPR) no capítulo COVID-19.

Acesso à pesquisa: https://latincommunicationmonitor.com

Contatos LCM 2020-2021 Dr. Alejandro Álvarez-Nobell aan@uma.es +34 606854215

Dr. Juan Carlos Molleda jmolleda@uoregon.edu

Contato no Brasil: Dr. ª Andréia Silveira Athaydes andreia.athaydes@ulbra.br +51 99333-3678

EUPRERA A European Public Relations Education and Research Association (EUPRERA) é uma organização autônoma com cerca de 500 membros de 40 países interessados no desenvolvimento de pesquisas e conhecimentos científicos em comunicação estratégica. Através das universidades afiliadas, são realizados vários projetos transnacionais e comparativos de pesquisa e educação. Para divulgar novas metodologias e resultados de pesquisa, todo outono, a EUPRERA organiza um congresso anual altamente reconhecido em colaboração com uma universidade selecionada na Europa. (www.euprera.org) 

Equipe de Pesquisa: Dr. Alejandro Álvarez-Nobell – Universidad de Málaga (ES) Dr. Juan Carlos Molleda – University of Oregon (EEUU) Dra. Ángeles Moreno – Universidad Rey Juan Carlos (ES) Dra. Andréia Athaydes – Universidade Luterana do Brasil (BR) Dra. Ana María Suárez – Universidad de Medellín (CO) Dr. Marco V. Herrera – Universidad de la Comunicación (MX)

Conselho Assessor Dra. Adriana Amado Suarez – Universidad Argentina de la Empresa (AR) Dr. Gabriel Sadi – University of Huddersfield (UK) Dra. Margarida Kunsch – Universidade de São Paulo (BR) Dra. Rebeca Arévalo Martínez – Universidad Anáhuac (ME) Dra. Marita Solórzano – Consejo de Relaciones Públicas (PE) Dr. Octavio Islas – Pontificia Universidad Católica (EC)

Contatos Nacionais Carol Carbone y Marcela Farré (Argentina); Andréia Silveira Athaydes (Brasil); Juan Cristóbal Portales y Leandro Baez (Chile); Ana María Suárez (Colômbia); Christian Bonilla Cruz y Margoth Mena Young (Costa Rica); Magda Rivero Hernández (Cuba); Elvira Lora (República Dominicana); Jenny Yaguache y Marco López Paredes (Equador); Berania López Marroquín (Guatemala); Marco V. Herrera (México); Mirna Robleto (Nicarágua), Maritza Sumich (Panamá); Diego Brillada (Paraguai); Patricia Bobadilla (Peru); Wendy Brizuela (El Salvador/Honduras); Mónica Arzuaga (Uruguai) e Xiomara Zambrano (Venezuela). 

Divulgado pelo Conferp