O Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas – Conferp – repudia veementemente as ações criminosas ocorridas em Brasília (DF) na tarde deste domingo (8), tais como a invasão e a depredação das sedes dos Três Poderes e do patrimônio público.

Um episódio lamentável de ações irresponsáveis e inconsequentes. Um ataque direto à democracia que não deve passar impune. Que os fatos ocorridos sejam apurados, nos mínimos detalhes, e os responsáveis punidos sob o rigor da Lei.

Não se pode confundir manifestação pública e liberdade de expressão com ato de vandalismo desenfreado, com cenas de desrespeito à Constituição e às Instituições Públicas.

O Conferp destaca que, dentre as premissas que regem o Código de Ética da profissão de Relações Públicas estão o empenho na criação de canais de diálogo e entendimento mútuo entre as organizações e os públicos, o respeito e a obrigação de servir imparcialmente à justiça e à democracia. Assim, que as práticas de relações públicas sempre prevaleçam na prevenção sobre qualquer impulso ou ato que incite o ódio e a violência, sob a ótica da manutenção de relações harmoniosas e respeitosas, prezando o bem-estar e o desenvolvimento da nossa sociedade.

Fonte: Conferp