Notícias

home > Notícias > Notícias

Relações Públicas potencializa a presença corporativa em Redes Sociais ( 15/10/2018 )


Muito se tem falado em produção de conteúdo, redes sociais, marketing e relacionamento digital. O que as Relações Públicas tem com isso? Muitas empresas acabam contratando profissionais de outras áreas para gerir e operar a comunicação de suas marcas nos meios digitais. O diferencial em contratar um relações-públicas reside justamente na multidisciplinaridade de sua formação. Não se trabalhará só o conteúdo e a forma, mas principalmente a estratégia a ser adotada pela organização.

 

É sabido que as mídias sociais têm um papel de destaque dentro da comunicação praticada pelas empresas. É através de redes sociais, blogs e aplicativos que fluem mensagens e intenções direcionadas para os públicos e principalmente clientes, buscando um contato mais próximo, e também atingir um número maior de pessoas. Por esta razão que profissionais que saibam melhorar e trabalhar a imagem da empresa nestes meios obtêm mais sucesso.

 

Engana-se quem pensa que as redes sociais funcionam apenas como um catálogo de vendas ou um canal de informações de mão única. É necessário gerar aproximação e diálogo para que haja cooperação e fechamento de negócios. Cabe ao RP trabalhar com uma linguagem clara e objetiva. Ele deve lidar de forma ética e transparente com as informações da empresa neste processo de interatividade. Também deve dissolver controvérsias e remediar ruídos de comunicação, para que comentários negativos, por exemplo, não se espalhem. Além de trabalhar para que o internauta fique satisfeito, mesmo que seja com uma resposta por alguma reclamação na rede.

 

É impossível controlar o que será publicado, uma vez que qualquer pessoa pode ser produtora de conteúdo e vir a ser um digital influencer, mas é possível mapear o que vem sendo falado, e contatar com o interlocutor de forma rápida e direta. Ninguém é mais habilitado que um RP para classificar e traçar perfil dos públicos, mapear o boca a boca da web, e criar campanhas positivas com releases que possuam além do texto, mensagens visuais como fotos, vídeos e áudios.

Para que tudo isso ocorra, planejamento é fundamental, mais uma competência que o relações-públicas possui. Em um cenário que, segundo estudo divulgado pela eMarketer, o número de usuários brasileiros ativos nas redes sociais chegou a 93,2 milhões o que já ultrapassa 45% de toda população do país. Outra pesquisa recentemente divulgada pela Rock Content – intitulada Social Media Trends 2017 – revelou, por exemplo, que 92,1% das empresas brasileiras estão nas redes sociais. Analisando estes dados é possível perceber o potencial que o profissional da nossa área pode oferecer como diferencial para atender as demandas do mundo corporativo.

 

Deseja se aprofundar no tema? Segue três artigos já separados o joio do trigo para se aprofundar sobre comunicação corporativa nas mídias sociais:

 

Forbes Brasil

Blog RP

Sprinklr

 


Por Henrique Alonso - Conrerp/4 3756

Sobre o autor: Graduado em Relações Públicas na PUCRS, com mais de 12 anos de experiência em comunicação e marketing. Nestas áreas já desenvolveu pesquisas de mercado e opinião, inbound marketing para social media e mídia impressa, endomarketing, planejamento e mensuração de resultados. Além disso, é fotógrafo e realizou cursos de extensão em design e criação. Durante sua trajetória profissional atua e atuou em grandes organizações como Cáritas RS (terceiro setor) AGCO do Brasil (indústria), Stefanini IT Solutions (serviços de TI), Rede Marista (educação) e Prefeitura Municipal de São Leopoldo (órgão público).




Lista de notícias
Classificar por: